Cada tiro, cada melro!

segunda-feira, junho 19, 2006

"Amigo é..."

Hoje, a corrigir testes, como sempre, vi, li e ri (d)os disparates dos nossos alunos.
Solicitei, como produção escrita, um de dois temas, sendo um a redacção de um poema intitulado "Amigo é...".
Imagine-se a criatividade e a sensibilidade do aluno que escreveu:

«Amigo é partilhar todos os dias,
Partilhar as nossas opiniões. [até aqui tudo bem...]
E partilhar o álmoço que desta vez [ipsis verbis, portanto ignore-se o erro]
é batatas com enguias»
Será que o nosso aluno só não escreveu o resto por respeito (ou receio) à professora? Será que a continuação do ditado é o que o aluno entende que deva existir na amizade? Ou, espero eu, não conhecerá o resto da expressão...

Mas nem tudo são desgraças... Porque, por incrível que pareça, este foi o único motivo de gargalhada durante a correcção dos testes desta turma. Talvez amanhã haverá mais e melhores...